Hipnose e Dor – Origem e tradição clínicas

Maurício da Silva Neubern

O presente trabalho tem como objetivo destacar que as relações entre hipnose e dor remontam a uma origem e tradição clínicas que remetem ao universo subjetivo do paradigma ocidental. Criticando a pretensa noção do início de uma hipnose científica, calcada em perspectivas experimentais, o artigo ressalta como noções do universo subjetivo estiveram na origem dessa prática junto ao pensamento de eminentes magnetizadores e hipnólogos. Embora tenham passado por modificações históricas, noções como relação, sujeito, autonomia, imaginação e linguagem estiveram na origem da compreensão da experiência de dor, como também do tratamento oferecido a pessoas que padeciam desse tipo de sofrimento. Desse modo, o artigo é concluído destacando a necessidade de reconhecimento da pertinência dos autores do passado já que boa parte das concepções subjetivas inerentes ao tratamento, tanto quanto a compreensão da dor nos autores atuais, possui um estreito parentesco com as obras anteriores.

Leia o artico completo em: http://www.imhep.com.br/uploads/arquivo/artigos/Hipnose%20e%20Dor%20-%20Origem%20e%20tradi%C3%A7%C3%A3o%20cl%C3%ADnicas.pdf

Leave a Reply